Mário Lopes

Mário Lopes

Qual a importância dos aromas, perfumes e cheiros nas nossas vidas? O que pode revelar o sentido menos conhecido?

Loja online
postman-253966_960_720

Envio a cobrança, cobrar pelos CTT, pagamento ao carteiro

8+1 coisas importantes que deve saber sobre os envios a cobrança

Numa altura em que o comércio eletrónico mostra ser uma solução para muitos problemas de decisão do comprador o ponto fraco de toda a relação comprador/vendedor reside no pagamento e na certeza de receção dos produtos. O pagamento a cobrança é uma possibilidade muito procurada pelo comprador, mas pela nossa experiência normalmente o comprador não sabe do que se trata. Apenas sabe uma coisa: paga a encomenda quando o carteiro lha entregar, e essa parece ser uma solução para toda a problemática. Iremos tratar de esclarecer tudo o que ao envio a cobrança diz respeito.

Informação importante:

Os valores dos custos do envio a cobrança estão atualizados à data de 02-04-2018. Se descarregar o ficheiro de Excel que se encontra no fim do artigo tem a garantia que os valores estão atualizados de acordo com o último aumento dos CTT.

1. Quanto custa o envio a cobrança?

É curioso que o site dos CTT tem preços de todos os tipos de correio, para todos os locais da europa e do mundo e não tem o preço do envio a cobrança. O preço do envio à cobrança, depende do peso, mas anda entre os 3.80€ e os 16€.

A primeira reação é verificar que os custos são caros. Os preços dependem de dois fatores: o peso do produto e o valor a cobrar, sem portes claro. Ou seja: para os produtos até 20€ os custos de envio à cobrança podem representar 1/5 do preço de venda. Quem paga estes custos? Normalmente o comprador só sabe que quer o envio a cobrança sem saber quem assumirá esse custo.

Há vários escalões de peso e preço. Para isso construímos uma folha de cálculo, totalmente gratuita que pode descarregar no final do artigo. A forma de utilização desta folha é simples: basta colocar o peso do produto em gramas (até um máximo de 2000gr, ou seja 2KG) e o valor a cobrar sem contar com os portes (pode enviar produtos a cobrança até 2500€). Eis um vídeo que mostra como se processa o cálculo segundo a folha de cálculo programada.

descarregue a folha de cálculo aqui

2. É garantida a entrega do produto?

É garantida a entrega de um embrulho, agora se este contém o produto ou não já é outra história. A maior parte dos compradores pensa que pode abrir, testar o produto e só depois de pagar, como se os CTT fizessem parte de uma loja. Assim não é. Os CTT entregam uma encomenda, não esperam que abra o produto e recebem o dinheiro. Portanto se não confia no vendedor certamente o envio a cobrança não resolve o seu problema. Faz tempo que alguém se nos dirigiu nestes termos:

Este senhor estava na casa dos 70 anos e tinha encomendado uma qualquer coisa (no OLX) que não tinha recebido. Normalmente as pessoas nunca ponderam a possibilidade de extravio das encomendas e não escolhem correio registado.

3. Para o vendedor é garantido o recebimento do dinheiro?

Sim, o vendedor recebe o seu dinheiro na volta do correio. mas leia com atenção este ponto No caso de envios para os Açores ou Madeira este tempo é importante. Claro que se o comprador pagar com cheque e este não tiver cobertura o vendedor tem que recorrer para os tribunais. Os CTT não assumem qualquer responsabilidade. Ultimamente os CTT criaram uma opção, que tem um custo de 60 cêntimos, que obriga que o valor seja pago em dinheiro vivo. Já usámos este serviço e recebemos um cheque, quer isto dizer que ainda haverão algumas arestas a limar.

4. O envio tem tracknumber? pode ser seguido na internet?

Sim, tal e qual como um envio em correio registado. A sua encomenda tem um número de registo que pode ser seguida através do site dos CTT.

5. E se não estiver em casa para receber a minha encomenda?

Bem, neste caso os CTT deixam um aviso para que a levante na estação mais próxima. Se após alguns dias esta não for levantada é devolvida ao vendedor que entretanto perdeu o dinheiro dos portes. É por isso que o envio a cobrança representa um risco elevado para o vendedor: Se o comprador não levantar a encomenda esta regressa à casa e  vendedor perdeu o valor dos portes.

6. Como faço para enviar uma encomenda a cobrança?

Basta dirigir-se a uma loja CTT e preencher um documento próprio para o efeito. Nada de complicado, apenas a morada do remetente e do destinatário. Trata-se de preencher um formulário de envio, deve ser usada uma lapiseira de tinta indelével (lapiseira tipo bic) porque o formulário é autocopiável com 4 folhas.

7. O custo é o mesmo para as Ilhas?

Sim, o custo é o mesmo quer seja o envio para as Ilhas ou para o continente.

8. Quais os limites de peso e valores a cobrar

Pode enviar qualquer artigo até 2Kg e o valor a cobrar pode ser até 2500€.

+1 coisa

Os ctt criaram uma forma de condicionar o pagamento por parte do comprador. Pagando mais 60 cêntimos o vendedor pode obrigar o comprador a pagar em dinheiro em vez de cheque. Receber um cheque é um risco porque pode não ter cobertura, mas é importante saber que os bancos asseguram todos os cheques até 150€. Ou seja mesmo que o cheque não tenha cobertura o banco assegura o seu pagamento.

Folha de cálculo que calcula os custos de envio a cobrança

Finalmente o bónus. Totalmente grátis uma folha de cálculo que permite calcular o valor a pagar dos portes a cobrança.

Em resumo:

A opção mais barata e garantida para envio de encomendas e garantia de receção é o correio registado. Não sendo barato, garante pelo menos a entrega dos produtos. A opção do envio a cobrança é do interesse dos compradores, mas envolve para o vendedor alguns riscos que não podem ser descurados. Se fosse uma opção barata, seria a opção ideal para o comprador e vender mas infelizmente é a mais cara forma de envio.

Documento de envio a cobrança:

Ctt envio a cobrança pagar no destinatario

Figura 1 – Documento de envio a cobrança

 

Share this post

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Gostou do Artigo?

Quer ser informado quando for disponibilizado novo artigo? Basta preencher o seu email.